quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Dois juniperos ligados por uma história comum

Para continuar a senda das publicações, aqui fica uma história actualizada sobre dois juniperos que partilham de uma ligação entre ambos de que resultou uma experiência fantástica de minha parte que foi a participação no Congresso Europeu de Bonsai da EBA em 2014, que decorreu em Wrokslaw na Polónia.

O primeiro junipero é um shimpaku e foi o utilizado no concurso Novo Talento da Exposição do Clube Bonsai do Algarve, decorrida em 2013, em Portimão. Nesses concursos costumava ser escolhido o vencedor como representante do CBA no mesmo no Novo Talento do Congresso Nacional de Bonsai. Por acaso, não fui eu quem ganhou mas sim o nosso colega Carlos Madeira, mas por impossibilidade de se deslocar ao Porto para participar no Congresso, acabei por ser eu o representante do CBA nesse ano. Foi transplantado em 2014, numa aula com o mestre Rui Ferreira. Este junípero foi trabalhado recentemente num Workshop com o Salvador De Los Reyes, organizado pelo CBA.

A primeira imagem é de 2013, sendo a segunda de 2016, após o Workshop. A posição mudou ligeiramente, foi aberto e limpo um shari, mas ficou a ganhar bastante e tem um futuro muito interessante pela frente.



Este segundo junípero é um itoigawa foi o que eu trabalhei no concurso Novo Talento no Congresso Português de Bonsai de 2013, e com o qual ganhei o concurso nacional e tive assim a oportunidade de representar Portugal no Congresso Europeu de Bonsai, na Polónia em 2014.

A árvore tem desenvolvido bem ao longo destes anos, sempre com bastante vigor e foi transplantado em 2014 numa aula com o mestre Rui Ferreira onde foi colocado na posição correcta. Na sequência do workshop recente, a vontade de trabalhar foi muito forte e levou uma nova poda mais forte, tendo-se sido cortado o primeiro ramo da esquerda. Penso que agora a estrutura está melhor definida e prepara-se para nas próximas temporadas aumentar a ramificação.

A primeira imagem da esquerda é da árvore antes de ser trabalhada, em 2013. A segunda imagem é depois da modelação realizada no NT 2013. A terceira imagem mostra a árvore em 2015, já transplantada no mesmo vaso mas com outra posição e mostra o vigor com que desenvolveu. A última imagem foi depois do trabalho agora realizado, muito mais despida mas melhor estruturada e pronta para os trabalhos seguintes.




terça-feira, 27 de setembro de 2016

Depois das podas, os transplantes...

Aproveitei para transplantar as plantas que coloquei aqui ontem após terem sido podadas.

Coloquei este taxus neste vaso que já é bem mais pequeno do que o anterior e de melhor qualidade, mas este não será o vaso definitivo no futuro. Mas como esta planta ainda tem de desenvolver bastante ao nível da ramificação, este vaso slovakia parece-me adequado. O vaso definitivo será bem mais pequeno e de melhor qualidade do que este, desde que a planta responda bem no futuro.



Esta azalea tem a floração em tons violeta e este vaso de vidrado azul da Erin Potery casa muito bem com essas cores. É um vaso de linhas femininas, mas ao mesmo tempo com um aspecto rústico que conjuga bem com as características desta planta, principalmente com a forte base que apresenta.



Esta outra azalea tinha um defeito nas raízes que me fez optar por colocá-la assente numa pedra no último transplante. Tem desenvolvido bem e agora foi colocada neste vaso com um vidrado brutal do Bonsai Rastner. A floração é vermelha e acho que a combinação com este vaso vai ser de top.



segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Continuando no caminho do Bonsai...

Pois é pessoal, depois de uma data de tempo sem colocar aqui nada, acho que já era altura de mostrar que ainda estamos vivos e que continuo neste caminho do Bonsai.

Há alturas na nossa vida em que as coisas se atropelam umas às outras e alguma coisa fica um pouco para trás em relação a outras mais prementes. Foi o que se passou com os meus bonsai, e alguns ressentiram-se disso.

Mas o bonsai não é uma coisa para se fazer num dia nem se estragar noutro. É um trabalho de anos, de crescimento, e esse percurso nem sempre é linear. Como a vida, às vezes há avanços, recuos e momentos em que algumas coisas ficam em suspenso.

Bem, para mostrar que ainda se trabalha nisto, aqui fica uma imagem depois da poda de um taxus (com o antes e o depois) e de duas azaleas. Depois desta poda, segue-se o transplante para uns vasos todos pipis que vão casar super bem com cada uma das plantinhas. Ehehehe...




sexta-feira, 23 de outubro de 2015

VII Congresso Nacional de Bonsai

Este fim de semana vai decorrer o VII Congresso Nacional de Bonsai.

Vai ter lugar no Cinema-Teatro Joaquim d'Almeida, no Montijo, nos dias 24 e 25 de Novembro, e é organizado pelo Clube Bonsai Sandö.

A não perder!


quinta-feira, 30 de abril de 2015

Kusamono Day 2

Crassula exilis var. cooperi

Cremnosedum "little gemn"

Geranium sp.

Orquídia selvagem (wild orchid)

Persicaria capitata

Sedum sp.

Sedum floriferum

Sedum mix

Sedum rubrotinctum

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Kusamono Day

Ophiopogon japonicum, vaso Erin Pottery

Echeveria, vaso chinês baratucho

Saxifraga stolonifera, vaso yixing

Saxifraga stolonifera

Ledeboura petiolata, vaso Erin Pottery

sexta-feira, 27 de março de 2015

Nova Secção de Vendas

Inseri no blog uma secção nova em que irei publicar algumas árvores disponíveis para venda.

O espaço já começa a apertar e o tempo também não abunda e de facto, para se manter uma colecção de bonsai com qualidade é preciso ter tempo para uma dedicação como deve de ser a cada uma das plantas.

Depois de pensar bastante, cheguei à conclusão de que é preciso diminuir um pouco o número de plantas na colecção para permitir subir o seu nível para o futuro.

Assim, resolvi colocar algumas das minhas plantas à venda e criei assim um novo espaço neste blog com esse objectivo.

Quaisquer questões sobre as plantas em venda, podem colocar aqui nos comentários que eu responderei.